O ano está começando e é hora de planejar os próximos passos. Nós estuamos muito produtividade e sabemos bem que com metas o ano se torna bem mais produtivo. Sem metas fica difícil mensurar o que foi feito e dá um vazio no percurso.

A meta ajuda no planejamento e é o ponto inicial de um sonho.

Você não precisa bater as 40 metas, mas tem que atingir pelo menos 70% delas. Agora se o seu tempo não comporta as 40 metas eu sugiro que você escolha as que melhor se enquadram na sua filosofia de trabalho e estejam alinhadas com os seus objetivos para 2018.

Obs.: As metas podem ser remanejadas de acordo com o seu dia a dia…estaremos de olho heim !!!

1 – Focar 12 horas por dia em arte;

2 – Buscar pelo menos 5 representantes para o seu trabalho;

3 – Articular pelo menos 7 sites para divulgar o seu trabalho;

4 – Apresentar o seu trabalho para pelo menos 20 pessoas diferentes do mundo da arte (pode ser entrega de um cartão ou convite por e-mail);

5 – Enviar portfólio para pelo menos 10 galerias do seu nicho;

6 – Buscar pelo menos 3 locais inusitados para apresentar a sua arte;

7 – Fechar com uma galeria ou espaço de arte a representação da sua obra;

8 – Fechar pelo menos uma exposição em um espaço importante;

9 – Revisar todo o seu trabalho. Podem ser revisados os release, textos, site e imagens;

10 – Buscar pelo menos 5 colecionadores para apresentar o seu trabalho – Tente obter a opinião deles;

11 – Produzir uma lista com as 70 principais galerias do país;

12 – Montar e apresentar o seu trabalho a 5 curadores e 5 críticos;

13 – Montar um projeto de exposição para 2019;

14 – Produzir pelo menos 8 novas peças artísticas;

15 – Preparar pelo menos 6 disparos de e-mails para a lista de galerias;

16 – Convidar no mínimo 7 pessoas influentes nas artes para conhecer o seu estúdio e sua obra;

17 – Enviar o seu trabalho para pelo menos 20 importantes artistas do mercado através de Facebook e Instragram;

18 – Ter o portfólio online funcionando perfeitamente;

19 – Aumentar pelo menos 5 vezes o número de seguidores nas redes sociais (geral);

20 – Negociar com pelo menos um site a comercialização da sua obra de arte;

21 – Tentar sair em alguma publicação impressa pelo menos 2 vezes;

22 – Fazer pelo menos 5 vendas online, seja pelo seu site ou site de terceiros;

23 – Revisar valores da sua obra e dos seus serviços;

24 – Apresentar sua obra para pelo menos 50 desconhecidos seja via e-mail ou redes sociais;

25 – Escrever uma resenha de pelo menos 12000 caracteres sobre o seu trabalho em cronologia com foco na arte atual;

26 – Fazer pelo menos 3 cursos diferentes;

27 – Visitar todas as grandes exposições da sua cidade e se estiver fora do eixo Rio-São Paulo ir pelo menos duas vezes no ano as exposições e passeios culturais de uma dessas cidade;

28 – Encontrar 5 artistas nacionais e 5 internacionais que se assemelham a sua arte;

29 – Ter um ano de estudo, trabalho e vida saudável;

30 – Visitar pelo menos 10 exposições pequenas e em espaços inusitados;

31 – Escrever pelo menos 6 artigos sobre arte contemporânea e divulgar em algum blog;

32 – Desenvolver um projeto que envolva colaboração;

33 – Postar uma foto no Instagram a cada 3 dias (exercício criativo);

34 – Criar um comércio eletrônico;

35 – Montar um site e portfólio digital;

36 – Estudar estratégias de marketing para redes sociais;

37 – Montar um projeto estratégico de divulgação da sua arte;

38 – Visitar pelo menos um leilão de arte;

39 – Vender 5 obras no estúdio para clientes ou colecionadores;

40 – Preparar um projeto para carreira pensando a médio e longo prazo.

Leave a Reply

Your email address will not be published.