iStock_000030686930_DoubleMesmo se você estiver no negócio da arte seu sucesso final ainda se resume a fazer vendas. As vendas vêm de leads, que, dependendo do seu modelo de negócio, podem vir de clientes entrando no seu espaço, anúncios em uma publicação de artes ou troca de cartões de visita em algum coquetel chique em uma galeria.

E à medida que as vendas de arte se movem para o online, o mesmo acontece com a geração de leads. Para aumentar seus leads online, você pode usar a Internet para procurar clientes em potencial ou, alternativamente, se envolver em interações sociais online, como blogs, fóruns ou feeds do Twitter. Ambas as técnicas podem ser potencialmente bem-sucedidas, mas também podem se transformar em uma enorme perda de tempo e render a você poucos clientes potenciais.

No entanto, o Linkedin oferece mais uma opção para gerar leads online. Uma rede social online para profissionais, o Linkedin é um enorme sucesso, ostentando mais de 315 milhões de membros. A rede business-to-business pode ajudá-lo a construir alianças e conexões significativas que podem levar a vendas, negociações e negócios.

O Linkedin funciona de duas maneiras. Uma para você conhecer mais pessoas da sua área e se comunicar com elas de maneira mais direta. A outra maneira é através das propagandas na qual você aparece exatamente para o perfil profissional que você deseja.

Roberta, uma veterana profissional de vendas em galerias, diz que gera seus leads quase que exclusivamente no Linkedin. Nós falamo com ela sobre como um negociante de arte, um consultor ou até mesmo um artista independente poderia usar os poderosos recursos do Linkedin para descobrir e se conectar com leads aos quais, de outra forma, nunca teriam acesso. Seguem suas principais sugestões:

Crie um perfil de engajamento do cliente

Existem muitas partes vitais para um bom perfil, e todas elas são importantes.

Finja que você está em uma ilha olhando para seu cliente potencial em um barco. Você precisa entrar naquele barco e ver seu perfil da perspectiva dela.

Articule o valor que sua arte agrega ao espaço do cliente.

Pegue essa proposta de valor e crie um título de 120 caracteres. Por exemplo: “Eu represento artistas de meados do século que tem um valor de investimento excelente.”

Elabore sua proposta de valor com um pequeno texto. Talvez até dê dicas de como escolher a arte para determinado espaço.

Adicione estudos de caso à seção “Projeto” do seu perfil.

Obtenha recomendações de clientes anteriores. Peça-lhes para divulgarem seu trabalho.
Adicione um apelo à ação na parte inferior do seu resumo. Peça ao visualizador para ligar para você, preencher um formulário de resposta ou comprar algo.

Inscreva-se no Slideshare

O Linkedin possui o Slideshare, um serviço de hospedagem de slides baseado na web descrito como o YouTube das apresentações, e o Google o reindexa fortemente. Ele também funciona perfeitamente com a plataforma Linkedin, então carregue suas artes.

Participe de Grupos

Encontre e participe de grupos do Linkedin dos quais seus compradores provavelmente sejam membros. Em seguida, publique conteúdo e artigos e se envolva com outros membros do grupo.

Publique artigos sobre suas obras ou galerias que participou

Reproduza qualquer cobertura da mídia sobre seu trabalho adicionando-a à seção “Publicações” de seu perfil.

Expanda suas conexões

Descubra quem seus clientes conhecem e que também seriam bons contatos para você. No perfil da conexão, clique no número de conexão azul. A próxima página listará todas as suas conexões. Clique no ícone da barra de pesquisa, que aparece como uma lupa cinza no canto superior direito da página. Não confunda este ícone com a barra de pesquisa principal no topo da página.

Digite a palavra-chave ou o título das pessoas que você gostaria de conhecer, por exemplo, “arquiteto”, “designer” ou “colecionador de arte”.

Esta pesquisa provavelmente retornará muitos resultados. Você pode restringir sua pesquisa clicando no botão “pesquisa avançada” no canto superior esquerdo da caixa Conexões.

Filtre sua pesquisa de acordo com a localização, setor ou ambos. Depois de fazer uma lista de algumas pessoas com quem gostaria de entrar em contato, pergunte ao seu contato mútuo no Linkedin se ele ou ela pode apresentá-lo às pessoas com quem gostaria de entrar em contato.

Se você investir um pouco de esforço no Linkedin, pode obter bons resultados financeiros. É a rede que estão os profissionais que gostam de arte e que trabalham com arte. Em ambos os casos dá para expandir a rede de contatos.

About The Author