Em nosso mundo acelerado, o que é novo é o que mais chama a atenção. Seu portfólio está com o seu trabalho mais recente?

Produção artística – No passado, quando eu dirigia meu próprio estúdio de produção, vendia meu trabalho para galerias, lojas de museu e decoração, vendia para todo o país. Na época, eu sabia que a primeira pergunta que eu teria que responder era: “Qual a sua nova produção artística?”

Essa pergunta é uma que todos os artistas devem estar prontos para responder, porque muitas vezes é a chave para fazer vendas e repetir as vendas.

Os gerentes das galerias e os compradores atacadistas estão sempre à procura de produtos novos para apresentar a seus clientes habituais, que aguardam ansiosos pelas novidades. Como regra geral, artistas que vendem por atacado devem planejar produzir no mínimo 30% de novas obra a cada ano para manter suas coleções vibrantes e com frescor. Sem um novo trabalho, as vendas tendem a diminuir.

É uma tendência natural das pessoas em querer ver novos produtos de um determinado segmento. O mundo da moda é um exemplo, pois apresenta um desfile de roupas e acessórios a cada estação, destinado a influenciar as tendências e impulsionar as vendas.

Embora as tendências da arte  se movam mais lentamente do que as tendências da moda, há sempre algo novo e interessante para ver, e está tudo à venda. Capturar esse momento pode ajudá-lo a vender mais. E é por isso que os formulários de opt-in por e-mail prometem aos assinantes uma prévia do trabalho mais recente como um incentivo para coletar endereços de e-mail de interessados que queiram exclusividade.

Produção artística nova do Paulo Pasta

Quando você não tem a produção artística mais recente para compartilhar, isso pode afetar negativamente as vendas. Alguns sites de artistas mostram coleções categorizadas por ano. Se o ano atual não tiver uma nova coleção (ou parte dela), o site tende a parecer estagnado.

A arte em si não é a única atualização que deve ser feita em um site. Rodapés que mostram datas de direitos autorais de anos anteriores são sinais de que um artista não está atualizado. Da mesma forma, os blogs de arte com a última postagem postada há muito tempo não inspiram confiança a seus visitantes, e páginas de “eventos” com calendários desatualizados causam uma impressão ruim. Se você ainda estiver fazendo e vendendo ativamente sua arte, mantenha todo o conteúdo, incluindo material visual e escrito, atualizado.

Você também deve ter uma seleção com tamanho suficiente para o seu cliente poder escolher. Por isso é importante manter um acervo de trabalhos novos e antigos afim de garantir um acervo consistente e representativo da sua obra.

Leave a Reply

Your email address will not be published.